Pedroom Lanne
Escritor, Pesquisador e Jornalista

Saga: Adução & Abdução

Mini-Blog
Indíce >> Perfil >>


Atualização
Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon - 3ª edição

Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon

Este manual visa ajudar os leitores da saga Adução & Abdução: o Épico Alienígena sobreviverem à leitura das respectivas obras que a compõem. A 3ª edição do Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon sumariza os aspectos científicos dos livros Adução, o Dossiê Alienígena, Abdução, Relatório da Terceira Órbita, e o Box: a conclusão do relatório da terceira órbita, de Pedroom Lanne.

O manual traz mapas, tabelas para conversão e compreensão do tempo, das dimensões paralelas, traça um panorama de evolução da espécie quântica, sua história, sua psique, as naves e as armas, além de uma série de informações relevantes para que o leitor da saga possa compreender melhor o Universo Quântico em que tais narrativas se desenvolvem.

A leitura deste manual trará melhor compreensão para a leitura do novo livro da série, o título Abdução, O Epílogo da Epopeia Terrestre, também de Pedroom Lanne.

O Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon se encontra disponível para leitura e download através dos links abaixo:

- Versão impressa a venda pelo site Clube de Autores (R$ 45,22)

- Leitura franca online pelo site ISSUU

- Download gratuito em arquivo PDF

01 de junho de 2024


Apresentação
A Arte da Capa

Apresentação da capa do novo livro de Pedroom Lanne, o título Abdução, o Epílogo da Epopeia Terrestre, a quinta parte da saga "Adução & Abdução: o Épico Alienígena". O vídeo apresenta o trabalho de criação do artista Fernando Marcatti.

05 de dezembro de 2023


Vídeo
"Eles são pessoas como nós"

Jack Nicholson esclarece...

24 de setembro de 2023

Comentário(s) - requer uso de popup

Dica
Nunca atravesse a rua correndo

Eu mesmo já fui testemunha de um atropelamento quase igual ao desse rapaz, Kayky Brito, de um sujeito que estava ao meu lado, esperando para atravessar uma avenida. Aconteceu há 34 anos, na Av. Cidade Jardim, em SP.

Aí, do nada, o cara correu, surgiu um automóvel de um ponto-cego e pegou ele em cheio. Me dá arrepio lembrar dessa cena, foi terrível.

O cara foi arremessado longe, muito parecido com a imagem publicada n o UOL, todavia ainda estava vivo. Eu vi ele se movendo após o acidente. O motorista parou e ele foi acudido. Não sei se veio a sobreviver.

Eu, que estava ao lado da vítima segundos antes do atropelamento, aprendi pela mais dura lição, justamente o que a manchete desse post diz: NUNCA atravesse a rua correndo. Só atravesse quando for possível alcançar a outra calçada andando. Sempre olhe duas vezes para ambos os lados da via antes de atravessar e, de preferência, atravesse pela faixa de pedestres e/ou quando o tráfego parar no sinal vermelho. Use sempre as passarelas onde estiverem disponíveis

Aliás, isso me lembra outra história, a de um professor da Fundação Getúlio Vargas que liderou um ativismo para que se construísse uma passarela em frente ao prédio da faculdade, situada na movimentadíssima Av. 9 de Julho, em SP, uma via famosa por ter ceifado a vida de muitos pedestres, descrita como "atropelódromo" pelos críticos.

Pois bem, a passarela foi construída. Pois mal, o professor morreu atropelado, em um dia em que "estava com pressa" e preferiu atravessar a avenida logo em frente a portaria da faculdade, ao invés de caminhar alguns metros até a passarela.

Em suma, se existir uma passarela, use-a, sem exceção.

Ciclistas, motoqueiros e pedestres, cuidado!

Lembrem-se que as únicas leis que efetivamente funcionam e se aplicam no trânsito são as Leis de Newton. Não queira aprendê-las na prática.

Pensem sempre nisso ao se locomover pela cidade.


04 de setembro de 2023


Lançamento
O Olho de Júpiter - Conto

Lançamento do conto O OLHO DE JÚPITER, o mais novo capítulo da série Planetas do Sistema Solar, do autor Pedroom Lanne.

Conto futurista, descritivo, que aborda a evolução e a vida no planeta Júpiter, suas luas, seus anéis, suas dimensões e um destino certo: o mistério por trás - ou por dentro - da enorme mancha gasosa em sua superfície, na forma de olho: O Olho de Júpiter. Acompanhe a cosmonauta Sandy em um mergulho nessa misteriosa jornada contemplativa pelo olho que tudo vê.

Já disponível em ebook pelo Kindle Brasil e como livro de bolso pelo Clube de Autores.

Onde comprar:
Amazon/Kindle Brasil - ebook
Clube de Autores - Livro de bolso

Saiba mais na página oficial do conto:
www.pedroom.com.br/contos/olho_de_jupiter.htm

Saiba mais...
Capa do conto

Booktrailer


30 de março de 2023


Reedição
A Natureza de Nibiru - 2ª Edição

Saiba mais...
A nova capa da 2ª edição

Booktrailer de lançamento da 2ª edição do conto A NATUREZA DE NIBIRU, da recém-intitulada série Planetas do Sistema Solar, do autor Pedroom Lanne.

Conto descritivo, ambientado no Sistema Solar na órbita de Urano. Narra a controversa origem do 12º astro, o misterioso planeta Xis, mencionado no mapa celeste do antigo povo sumério, referenciado Nibiru, pelos mais íntimos.

Já disponível em ebook pelo Kindle Brasil e como livro de bolso pelo Clube de Autores. Texto revisado, apresentando a personagem Sandy, a cosmonauta.

Onde comprar:
Amazon/Kindle Brasil - ebook
Clube de Autores - Livro de bolso

Saiba mais na página oficial do conto:
www.pedroom.com.br/contos/natureza_nibiru.htm

Booktrailer


23 de março de 2023


Justiça
Pricila Elspeth perde processo para Pedroom

Pricila Elspeth, uma ativista LGBTQIA+, em função de uma divergência de opiniões em uma postagem no Facebook sobre linguagem não binária, em 26/08/2021, entrou na Justiça com um processo civil indenizatório por danos morais contra o escritor Pedroom Lanne. O fato que desencadeou a contenda foi Pedroom ter afirmado que, em sua opinião, a linguagem não binária era "feia" e "complicada".

No processo, Pricila alegou ter se sentido ofendida pelo fato de Pedroom ter citado seu "nome morto'' em uma sequência de vídeos publicados no Youtube. Nos vídeos, Pedroom explica o caso e manifesta seu repúdio com a conduta de Pricila, após uma série de postagens feitas por ela em seu Facebook, citando sua pessoa (veja no dossiê em anexo).

Vale esclarecer que Pricila havia alterado seu nome social depois de ter se assumido publicamente como transgender não binário, apenas alguns meses antes da discussão no Facebook. Ter feito referência ao nome social pelo qual Pedroom havia conhecido Pricila antes de ela ter se assumido transgender seria a justificativa para a indenização exigida pela mesma, todavia, isso não convenceu o juiz que analisou o caso.

Os vídeos foram retirados da plataforma; entrementes, o pedido indenizatório de Pricila foi indeferido, de acordo com a sentença final do caso, publicada em 06/02/2023.

O juiz entendeu que Pricila foi parte ativa no desentendimento, portanto não caberia indenizá-la pelas supostas ofensas que teria sofrido.

  • Acesse o processo perpetrado por Pricila, a defesa de Pedroom e a sentença do juiz, clicando aqui.

23 de março de 2023


Atualização - 29/06/2023
Justiça nega recurso de Pricila Elspeth

Em decisão unânime dos três desembargadores que analisaram o caso, o pedido de reversão da sentença apelado por Pricila Elspeth, uma ativista LGBTQIA+, foi negado pela Justiça, no processo judicial civil indenizatório movido pela mesma contra o escritor Pedroom Lanne.

Pedroom Lanne havia obtido ganho de causa no caso perpetrado por Pricila na comarca de Barueri (SP), em decisão de 1ª instância. A autora da ação, todavia, recorreu da sentença, levando o caso para a 2ª instância judicial.

A nova sentença, publicada em 29/05/2023, ratificou a decisão de 1ª instância e selou o caso com quatro magistrados dando ganho de causa ao escritor Pedroom Lanne, mais uma vez negando o pedido de indenização por danos morais na ação movida por Pricila, desta feita no Tribunal de Justiça de São Paulo (2ª Instância).

Frustrado o pedido indenizatório de Pricila nas duas instâncias judiciais, a autora do caso não apresentou recurso, em uma hipotética apelação ao STJ de Brasília (3ª instância), sendo assim encerrado o caso com a vitória definitiva do escritor Pedroom Lanne.


Resenha
Rambo, not again

É incrível como tem gente que acha que o filme "Rambo" é bom... Essa série é uma das maiores porcarias já produzidas por Hollywood em todos os tempos.

Não tem nenhum filme dessa série que não seja uma total porcaria, que não passe de uma história que só te entrega violência gratuita, que banaliza a violência.

Aí alguém vira e tenta te contradizer, afirmando que o primeiro filme da série é "bom", pois retrata o descaso com os veteranos da guerra do Vietnã que sofrem de estresse pós-traumático - nada a ver.

Existem bons filmes que tratam dessa questão dos traumas e dramas vividos por ex-combatentes, mas Rambo não é um deles; pelo contrário, é um péssimo filme mesmo sob essa ótica.

Rambo, not again
Cartaz do filme Rambo

Na sequência da série então, o lixo só se acumula, pois além da violência gratuita, o filme se torna um veículo ideológico da máquina de guerra dos EUA, demonizando russos e asiáticos até chegar na última grande "pérola", com a quinta sequência, estrelando um Stallone velho, desta feita se prestando ao papel de normatização da "guerra contra as drogas". Ajudando a esconder o fato de que os EUA compõem a nação que mais consome drogas no mundo, além de compor um narcoestado que utiliza o tráfico para financiar a guerra e o terrorismo, como se viu, por exemplo, no tráfico de heroína proveniente da ocupação norte-americana no Afeganistão.

E por falar em Afeganistão, temos uma das maiores vergonhas já patrocinadas por Hollywood: o terceiro filme da sequência, no qual Stallone luta ao lado dos afegãos, os mesmos que os norte-americanos guerreariam contra nas décadas seguintes. Tudo que eles demonizaram dos russos em Rambo III, os norte-americanos fizeram pior enquanto ocuparam o Afeganistão. Pena que não tinha o Rambo para ajudá-los e, no fim, tiveram que abandonar o país com o rabo entre as pernas.

As frases-chavão do personagem Rambo, que invocam um patriotismo raso e subserviente, talvez estejam entre as piores citações de um personagem já criadosna história do cinema; talvez merecessem uma análise à parte para desmascará-las; todavia nem vale a pena. É mais fácil rir da imbecilidade que promovem - o ruim é que tem gente que leva a sério, e leva a sério até hoje.

Enfim, não existe qualquer ângulo em que se olhe para o filme Rambo ou suas sequências que não te mostre a porcaria que esta série é. Achar que esses filmes sejam "bons" é uma das coisas mais cringes que existe.

Alguém precisava dizer essas verdades.


19 de fevereiro de 2023


Teoria da Conspiração
Terremoto que atingiu Síria e Turquia foi gerado por arma sísmica yankee-sinonista

Um dispositivo imitação do "Protocolo Earthquake" chinês, o qual descrevi em minha ficção Adução, o Dossiê Alienígena (lembrando aos incautos que o título do livro é mesmo "Adução", não há erro de digitação aqui).

Na Era da portabilidade, em que cada um carrega uma câmera no bolso em seu celular, a profusão de imagens do suposto "terremoto" na Síria/Turquia é horrível, as cenas são de puro pavor, o choque é instantâneo. Para muitos, acredito, inclusive pra mim, é difícil de acompanhar. A dor é imensa.

Mas, além do choque pelo que se vê, há aquilo que não se vê em quaisquer uma dessas imagens: a onda do suposto terremoto varrendo a superfície como se a terra, subitamente, virasse mar. Terremotos dessa magnitude, 7.8 na escala mais famosa, geram ondas dessa natureza, como uma enorme marola varrendo o solo a partir do epicentro, literalmente liquefazendo camadas subterrâneas. Ao atingir regiões urbanas, é como uma foice cortando cana, ceifando a fundação das construções, que assim vêm abaixo como mostrado nas horrendas filmagens que circulam por aí - exceto pela ausência de cenas que mostrem essa onda.

Indo mais adiante, o restante é um mero exercício dedutivo: se se trata de uma arma, então só pode ser norte-americana e israelense, dado que são os estados que financiam a guerra envolvendo esses dois países, Síria e Turquia, e também o Irã, pelo menos desde o início da "Guerra ao Terror" instaurada pelo presidente gringo, Bush filho, em 2001. Aqui basta apontar a vítima para saber quem é o agressor.

O cenário atual não é mais o mesmo da Guerra ao Terror, trata-se de uma guerra mundial com dois eixos bastante definidos: o eixo atlântico entre Estados Unidos, Israel e Inglaterra, contra o eixo euroasiático entre Rússia, Irã e China. Não obstante, o terrorismo perdura como mais um recurso de guerra híbrida, nas batalhas a prosseguir. A Síria e a Ucrânia estão apenas no caminho; e a Turquia é parte interessada, em ambos os palcos.

Conspirações à parte, para o agressor o momento é de festa nos bastidores e de hipocrisia na mídia, pelo exercício de um falso humanitarismo de ocasião, o qual esconde que as maiores vítimas do suposto terremoto, de fato se dão pelo estado de guerra que cerca esses três países, Síria, Turquia e Irã. Ao agressor, a janela é oportuna para infiltrar mais terroristas no local, sob a falsa bandeira da ajuda humanitária - e depois seus bancos financiarem a reconstrução.

Voltando a nossa hipótese, trata-se de uma teoria muito simples de ser validada, nem é necessário perder tempo fritando os miolos tentado imaginar como uma loucura dessas seria possível, já que, se fosse possível, não demoraria muito para se provar fato. A escalada natural em resposta a um hipotético instrumento com essa capacidade seria um ataque nuclear; e um ataque nuclear seria o fim do mundo.

E se o fim do mundo vier, ou morreremos instantaneamente, ou saberemos que o fim chegou apenas para morrer depois.

Saiba mais...


Pedroom Lanne
07 de fevereiro de 2023

Comentário(s) - requer uso de popup

Luto
O adeus ao Rei Pelé

Termina uma Era no futebol, finda o reinado de Pelé, o maior jogador de futebol que o mundo viu jogar, tricampeão da Copa do Mundo, eleito atleta do século XX.

O Rei não deixa herdeiros, somente um vazio que jamais poderá ser preenchido. Nunca mais o futebol produzirá um jogador tão completo e tão vitorioso, tão bem-sucedido e aplaudido por seus feitos no gramado.

Mais do que a perda do homem ou do atleta, a própria morte de Pelé não está a altura do Rei.

Pelé não perde a majestade, é a realidade que se torna incapaz de reconhecer a beleza do Rei. Por mais que a memória de Pelé seja eternamente lembrada, que sua perda seja sinceramente homenageada, especialmente pelas figuras do esporte, o mundo que hoje se diz de luto pela morte do Rei já não é mais digno do reinado cada vez mais longínquo de Pelé em seus anos dourados. A comoção nacional em torno da perda simplesmente não está a atura de quem foi Pelé.


O Rei em sua primeira grande aparição internacional, na Copa de 1958, na Suécia. Ocasião em que o Pelé fez coisas que o mundo do futebol jamais havia visto

Eu vi Pelé jogar

Foi no Mundialito de Masters de 1987, a famosa Copa Pelé, em que o Rei fez sua última aparição nos gramados, no estádio do Pacaembu. O torneio reunia as seleções campeãs do mundo, organizado pelo finado locutor Luciano do Valle.

A partida foi contra a Itália, na abertura do torneio, e o Brasil venceu por 3x0. Pelé, todavia, não marcou, suas melhores chances pararam nas mãos do goleiro italiano ou no apito do árbitro, que anulou um lance em que o Rei tentou marcar um de bicicleta.


Pelé desfilando diante dos italianos nos gramados do Pacaembu, em 1987

O que não me esqueço, naquele dia, foi a multidão que tomou conta do Pacaembu, a dificuldade para chegar e entrar no estádio, de tanta gente mobilizada para assistir Pelé jogar mais uma vez, 10 anos após ter se aposentado dos gramados. Não me lembro qual foi o público total do jogo, mas, com certeza, nunca vi o estádio tão lotado quanto naquele dia, nem antes, nem depois. Uma enorme comoção popular em torno do Rei, mesmo que ele já não tivesse a mesma forma física de seus dias de glória.

Uma comoção como hoje não se sente perante sua morte, que nos dá a imensidão do vazio que tornou-se o futebol. Não pela morte do Rei, que chega no decurso de uma longa vida, mas pela atualidade que nunca mais estará a altura de sua grandeza. As crianças que ele nos pediu para cuidar, nós não cuidamos.


Acima, uma das mais icônicas imagens de Pelé, socando o ar após marcar o gol, na Copa de 70

Ao Rei,
que descanse em paz...

Mais uma lembrança de Pelé

Quanto tinha 16 anos, eu participei da COPA PELÉ de futebol sub-17, ocasião em que jogava pelo Colégio Equipe/Marítimo F.C. (clube de várzea).

Foram quatro jogos, um deles contra o Santos, no qual, Edinho, o filho do Rei, era o goleiro adversário. O Santos ganhou a partida, mas ficou a eterna lembrança de ter jogado contra o filho do Rei e de ter participado de um campeonato que era chancelado e levava o nome de Pelé.

Na imagem ao lado, a ficha de inscrição que mantenho de lembrança até hoje, com a assinatura do Rei Pelé. Mais uma memória que guardo com orgulho e certa nostalgia, especialmente após sua partida.

Autógrafo de Pelé

A imagem tá meio ruim, pois foi digitalizada faz algum tempo, quando câmeras digitais e escâners ainda não tinham tanta resolução. Mas dá para ver a assinatura do Rei, no topo da folha.


Pedroom Lanne
29 de dezembro de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Booktrailer
AduXão & AbduXão

Booktrailer da saga literária Adução & Abdução: o Épico Alienígena, de Pedroom Lanne.

Mais um trailer da série Abdução nos Cinemas e na TV. Baseado no trailer original da série televisiva "Arquivo X".

Thanks to Chris Carter & Mark Snow for inspiring us.

Saiba mais sobre a saga "Adução & Abdução" no site do autor:
www.pedroom.com.br/aducao.htm

Outros trailers da série:
Lei & Ordem: Unidade de Investigação Ufológica: https://youtu.be/DrvCHHfhAqo
Abdução nos Cinemas: https://youtu.be/jOTgw1bxZIE

Booktrailer oficial da saga: https://youtu.be/tn97wx0B4mM

 

24 de junho de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Sarau
cephalopoda sapiens

"Eu gostaria de abrir espaço para um pequeno sarau..."

Pedroom Lanne
09 de Maio de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Vídeo
Maquete de Phobos

Saiu o mapa de Phobos, lua de Marte, que auxiliará o leitor na leitura do próximo livro da saga ABDUÇÃO, mas que também pode ser útil para o leitor dos últimos livros e e-books da série: os episódios Contato de Terceiro a Quinto Grau, Sociedade Paralela Paranormal e Clonagem Experimental Humana.

Como não sou muito bom para desenhar, este mapa foi elaborado na forma de uma maquete ilustrativa, com alguns toques de computação gráfica. Embora eu tenha bons conhecimentos de computação gráfica, inclusive dei aula sobre isso, desenhar não é meu forte; caso contrário seria designer, não escritor. Mas se tenho deficiência de lidar com o espaço dimensional de uma imagem estática, ao menos consigo me virar melhor no espaço tridimensional de uma maquete, daí optei por montar essa mapa ilustrativo dessa forma.

Só é preciso advertir, como diria o doutor Emmett L. Brown, que a maquete "não está em escala".

Mapa de Phobos:

Zoom Zoom
Vista do mar

Visão do Elevador Phobos-Marte

 

Apresentação em vídeo, pelo meu canal no Youtube:


Pedroom Lanne

15 de abril de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Novidade
A nova trilogia em ebook do Box "Abdução: a conclusão do relatório da terceira órbita"

A edição em ebook do box contendo os livros "Abdução, Contato de Terceiro a Quinto Grau" e "Clonagem Experimental Humana" agora dividida em três partes, com a inclusão do ebook Abdução, Sociedade Paralela Paranormal

Saiba mais...

Saiba mais...

Saiba mais...

Esse lançamento não inclui um texto inédito, trata-se apenas de uma reformulação dos ebooks, antes publicados em duas partes, agora reorganizados em três partes. A alteração visa deixar os arquivos da respectiva sequência mais leves e menos extensos.

Dessa forma, na nova sequência, o ebook 3 cedeu o final e o ebook 5 cedeu o começo da história para formar o ebook 4, o qual recebeu um novo subtítulo e capa. O texto da nova sequência, antes em apenas dois volumes, continua o mesmo.

Esta nova trilogia compõe a 2ª edição da série que agora inclui cinco títulos, saiba mais clicando aqui.

Aviso!
Para o leitor que já baixou os ebooks Contato de Terceiro a Quinto Grau e Clonagem Experimental Humana, não recomenda-se atualizar os arquivos baixados. Caso esses arquivos sejam atualizados, será necessário baixar o novo ebook inserido entre esses dois, o título Sociedade Paralela Paranormal. Em função desse possível transtorno, o preço do novo ebook é inferior aos demais e estamos oferecendo uma promoção como compensação: entre em contato com o autor para saber mais detalhes.


14 de fevereiro de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Soneto
Doutora Diana


07 de fevereiro de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Distopia
Orwell X Huxley

O meme abaixo já rodou o mundo diversas vezes, já foi foco de debates em grupos, perfis e diversos espaços da web. Suscita discussões, reflexões e até muita briga. Eu mesmo já opinei a respeito quando me deparei com ele a primeira vez.

Analisando mais uma vez esse duelo Orwell X Huxley, me parece que os dois se aplicam à realidade atual, considerando-se o globo terrestre por completo e seus diferentes países e regimes governamentais, e a nossa economia capitalista.

Focando o lado ocidental que habitamos, o Brasil e os EUA em especial, é bastante claro que a ficção narrada por Aldous Huxley se encaixa melhor na nossa realidade.

Todavia sou mais fã do George Orwell.


Pedroom Lanne

02 de fevereiro de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Redação
Lobotomia Cerebral

Oi, eu sou Pedroom Lanne, escritor de ficção, autor de uma longa saga de ficção científica, na qual consta o título LOBOTOMIA CEREBRAL AUTORIZADA. Soa meio pesado, não? Mas não se preocupe, é só um livro de ficção, pura imaginação, a história não é real, fala de alienígenas, pura bobagem. O que deveria te preocupar, que é real e está longe de ser bobagem, não é essa lobotomia cerebral que eu descrevo, mas a lobotomia que você sofreu. É a lobotomia dos meios, da tecnologia, do consumo, do sistema que a sociedade ao teu redor programou sua mente para aceitar. Uma lobotomia cerebral outrora já autorizada bem antes de você nascer, que te formatou para você ser assim do jeitinho que você é. Essa é a verdadeira e real lobotomia cerebral.

Acha que isto loucura? Delírio de um escritor? Você foi lobotomizado para pensar assim. Para pensar que toda conspiração é teoria, que nenhuma verdade se esconde atrás da mentira, que politicamente tá tudo correto, que existe um lado mau que não seja o nosso, que o acerto oculta seus erros e os olhos do passado não te enxergam mais.

Aliás, esse meu livro é assim, bastante conspiratório e um tanto quanto irreal, mágico, porém, com muito mais realismo que uma mente vã possa depreender. Justamente por isso, quem sabe, apesar do que possa sugerir o título, talvez seja esse o remédio que vai reverter a lobotomia que você sofreu e ainda não se deu conta.

Saina mais...

Pedroom Lanne
27 de janeiro de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Retrato
Vida de Escritor

Como escritor que, embora ainda emergente, já estou nessa estrada há nove anos com quatro livros publicados, observo muitos jovens ou pessoas de diversas faixas etárias que ainda estão printando suas primeiras páginas. Muitas delas pedem dicas sobre diversos tópicos relacionados à literatura e à escrita. É claro que nenhuma dica é definitiva, e muito do trabalho do escritor resume-se em escolher aquele caminho que melhor se adapta ao seu próprio estilo e aos seus objetivos nesse ramo.

Porém, há uma dica básica e fundamental que vale para qualquer escritor ou alguém que trabalhe com redação textual. É uma dica universal que costumo passar sempre que o assunto vem à tona, que se relaciona com o campo científico da escrita.

Nesse caso, se o teu campo de atuação é a escrita e produção textual é seu produto de trabalho, então as ciências que você precisa abraçar para desenvolver sua carreira são: LÍNGUAS e ERGONOMIA.

Esses serão os campos que, independente da formação de qualquer um, o escritor estará atuando física e intelectualmente. Para essa dica, eu chamo atenção para o segundo campo citado acima, a ERGONOMIA, que relaciona-se com a postura de escrever, ao ato de posicionar-se corretamente para a escrita. Trata-se de algo fundamental, pois se você não tiver uma postura adequada, isso certamente acarretará em problemas físicos crônicos, como dor nas costas, lesões por esforço de repetição (L.E.R.), especialmente nos ombros, nas mãos, nos dedos e nos punhos, e inflamações no nervo ciático, entre outros problemas.

Apesar de estar no ramo da literatura há menos de uma década, eu venho trabalhando com escrita há mais de vinte anos. E se alguém tivesse me dado essa dica tempos atrás, eu não sofreria com dores crônicas no nervo ciático como venho sofrendo.

Hoje, eu não consigo mais permanecer sentado em algo macio por muito tempo, que já sinto dores no ciático, ou seja, dores no bumbum. Para aliviar essa dor, eu preciso evitar assentos macios, ou colocar algo sólido para repousar as nádegas, como um livro. Neste instante em que escrevo estas palavras, estou sentado sobre a Enciclopédia Disney para evitar cansar meu ciático. Mas isso não basta, para que as dores não impeçam a minha escrita, eu preciso alternar o uso da enciclopédia com intervalos regulares, evitando ficar sentado ou de pé por muito tempo, além da prática regular de exercícios físicos, especialmente alongamentos.

Esses problemas que me afligem atualmente não existiriam se, há 20 anos atrás, eu não tivesse o mau costume de sentar-me sobre uma de minhas pernas quando estava no computador, por isso dou essa importante dica para quem está debutando no mundo da escrita: cuide da ERGONOMIA. Ergonomia é tudo para você ter longevidade nessa estrada e desenvolver uma carreira sem sequelas fisionômicas.

Cuide da ergonomia para que, ao invés de um escritor de sucesso, você não se torne um faquir, como ilustrado na tirinha abaixo, que possui aversão à assentos macios, exatamente como eu.

Zoom
Sequência dos quadrinhos "As Aventuras de Tintim: O Lótus Azul"

Pedroom Lanne
12 de janeiro de 2022

Comentário(s) - requer uso de popup

Em Cartaz
Abdução nos Cinemas

Depois da experiência gratificante realizada em Adução nos Cinemas, apresentamos a nova produção que dará continuidade à saga: ABDUÇÃO NOS CINEMAS. Uma película baseada na obra homônima do autor Pedroom Lanne.

Este post mantem vivo o sonho de todo escritor em, um dia, ver seu livro transformado em um filme. Mais uma vez, esse anseio se torna possível e traz para a tela grande do cinema a saga literária de ficção científica de Pedroom Lanne, em alusão aos três livros que compõe a série Abdução, pela ordem: Relatório da Terceira Órbita, Contato de Terceiro a Quinto Grau & Clonagem Experimental Humana, incluindo o ebook Lobotomia Cerebral Autorizada, cuja sequência está contida no primeiro livro.

Abdução nos Cinemas conta com um novo diretor e apresenta um grande elenco, reúne todos os artistas que participaram do filme anterior, Adução, e uma inédita seleção de grandes astros internacionais. Uma viagem atemporal por nomes consagrados, que darão vida e ação ao universo alienígena intertemporal da história.

Vale lembrar que os personagens alienígenas são recriados por computação gráfica, mas alguns assumem uma identidade humana residual em certos momentos, portanto não se resumem a dubladores, atuam diretamente no filme.

Adução em cartaz
O cartaz da película destacando alguns dos atores e atrizes protagonistas de Abdução

Para esta nova grande produção cinematográfica, a apresentação do diretor e do elenco de Abdução nos Cinemas foi concebida em vídeo, através do trailer abaixo. O trailer revela quem são os protagonistas e principais coadjuvantes, os atores e atrizes, seus papeis na história e a espécie que cada um compõe. Mais um clip recheado de mensagens subliminares que revelam um pouco das características de cada personagem da obra Abdução, com surpresas até os pós-créditos.

O elenco apresentado em vídeo:


Trilha Sonora Nacional & Internacional

Ouça
A trilha oficial da obra

Abdução – Relatório da Terceira Órbita - Clique aqui para acessar a playlist

1. Civilization V: Brave New World (videogame) – Trilha Oficial – Michael Curran
2. Rainbow in the Dark – Dio
3. Pra não dizer que não falei das flores – Geraldo Vandré
4. Superfantástico – A Turma Balão Mágico & Djavan
5. Jailhouse Rock – Elvis Presley
6. Quadrilha de Festa Junina – Tema clássico
7. Diversão – Titãs
8. Mother – Pink Floyd
9. Shangrilá – Rita Lee & Roberto de Carvalho
10. Two Minutes to Midnight – Iron Maiden
11. De Volta para o Futuro (longametragem) – Trilha Oficial - Alan Silvestri
12. Jardins da Babilônia – Barão Vermelho
13. Xanadu – Olivia Newton John
14. Eva – Banda Eva
15. Amante Profissional – Herva Doce
16. Do you Love me? – Kiss
17. Carruagens de Fogo (longametragem) – Trilha Oficial - Vangelis

Abdução Contato de Terceiro a Quinto Grau, Sociedade Paralela Paranormal & Clonagem Experimental Humana - Clique aqui para acessar a playlist

18. Civilization V: Brave New World (videogame) – Wu Zetian Peace Theme - Geoff Knorr & Michael Curran
19. Sob o Sol – Marcus Viana, Malu Aires & Transfônica Orkestra
20. María – Ricky Martin
21. Zombie – The Cranberries
22. Hoochie Coochie Man – Steppen Wolf
23. Revelations – Iron Maiden
24. Brasil, Mostra tua Cara – Cazuza
25. Sloop John Be (I Wanna Go Home) – Beach Boys
26. (I’ve Had) The Time of My Life – Bill Medley & Jennifer Warner
27. Total Eclipse of the Heart – Bonnie Tyler
28. Burning Hearts – Survivor
29. Brucia la Terra – The Godfather III Soundtrack (longametragem) – Nino Rota
30. Orra Meu – Rita Lee
31. Stranger in a Stranger Land – Iron Maiden


25 de novembro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Clip
Lei & Ordem: Unidade de Investigação Ufológica

O trailer traz inúmeras mensagens subliminares e referências associadas à saga Adução & Abdução: o Épico Alienígena, de Pedroom Lanne, desde as imagens apresentadas, os nomes e os atores e atrizes selecionados(as) para compor o elenco. Esse trailer faz parte da série Abdução nos Cinemas & TV, que contém filmes e seriados baseados na obra de Pedroom Lanne a serem lançados em pretérito.

Booktrailer de Pedroom Lanne.
Clip original e trilha de Mike Post.
Elenco por Pedroom Lanne.
Special thanks to DICK WOLF for inspiring us.

Saiba mais sobre Pedroom "Dick Wolf" Lanne em:
www.pedroom.com.br


02 de novembro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Making Off
Do Período

O Making Off do Período apresenta a minha produção literária – autor Pedroom Lanne –, entre os anos 2016 e 2020. Os bastidores da produção de contos, poesias, participação em eventos e antologias, que se deu em paralelo à escrita e publicação da saga "Abdução".

Texto disponível no meu Weblog Profissional. Clique no link abaixo para navegar:

www.making-off/periodo.htm

Making off "Abdução"O livro "Abdução, o Dossiê Alienígena" nas mãos do sósia de Michael J. Fox, ao volante de um DeLorean, respectivamente, o cosplay do personagem Martin McFly e a réplica da máquina do tempo do filme "De Volta para o Futuro", em um evento em São Paulo

Pedroom Lanne
21 de outubro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Saiba mais...

Resenha
Abdução, Relatório da Terceira Órbita

Por Walter Cavalcanti, escritor &
revisor

Walter Cavalcanti

Há muito a literatura deixou de tratar uma obra como um gênero único, sem devidos hibridismos. Uma obra rica em experiências mergulha fundo nas entranhas e na abordagem mais diversificada que seu autor puder explorar — claro, isso depende muito da extensão do trabalho realizado e da abertura que tal história venha a permitir.

E aqui estamos diante de um trabalho que navega pelos mais distantes e longínquos oceanos, uma vez que sua complexidade e criatividade permite esta viagem única. Abdução, Relatório da Terceira Órbita, de Pedroom Lanne, conduz o leitor a uma saga que, obviamente, nos faz cair de cabeça no universo da ficção científica.

Esta talvez seja a maneira mais óbvia e simples de permear os caminhos traçados pelo autor nesta empreitada literária, porém, este livro carrega consigo uma bagagem que vai muito além do gênero em questão. Somos brindados com momentos de suspense, ação, e até certos dramas que podem ser vivenciados ou experienciados se nos colocarmos em uma profunda reflexão acerca dos conteúdos implícitos na narrativa que nos é apresentada, através de personagens que se aproximam em muito de nossos próprios “eus”, por assim dizer.

Para entender um pouco desta abordagem, deve-se compreender de forma básica e simplória um pouco do que o livro traz. Abdução, Relatório da Terceira Órbita faz parte de um universo que já havia sido apresentado em um livro anterior, Adução, O Dossiê Alienígena, todavia, não se preocupem: por mais que o livro anterior tenha uma introdução a este universo, é perfeitamente possível estabelecer uma leitura coesa e bem explanada partindo deste livro, uma vez que sua história permite a total compreensão a partir deste ponto.

Neste livro, temos um plano narrativo distribuído em duas épocas distintas: o ano de 1978 e um plano no tempo futuro, sempre direcionado e localizado através das nomenclaturas dos capítulos e de seus personagens distintos. Em 1978, temos um foco mais voltado aos protagonistas humanos. Podemos citar o xerife Hut Cut, que tem contato direto com uma nave alienígena, o coronel Jay Carrol, que está sempre atrás de mais informações acerca desta nave, Danniel Mathew, que é um agente que faz trabalhos escusos visando descobrir sempre mais e mais para o governo, e Andreas Vegina, ufólogo, um cara inteligente, mas que justamente por isso será um dos focos de atenção do governo em sua busca desenfreada por informações. As peças principais estão aí, e muita coisa há de acontecer.

Zoom
O personagem da obra, Danniel Mathew

Por outro lado, no plano futuro, temos o destaque para o núcleo alienígena, que também interage com os humanos fazendo uma espécie de comunicação com fatos de outro plano temporal. Os hominídeos Billy e Sandy têm um entrelaçamento com os alienígenas que foram à Terra em 78 — sim, preparem-se para este tipo de comunicação entre os capítulos. A leitura é recompensadora, acreditem. Além destes personagens, conhecemos uma vasta gama de personagens evoluídos e de distintas denominações, como a veterinária Diana, Noll, o professor Ipsilon, os metarrobôs Pai, Mãe, Mídia e Grande Irmão, entre outros tantos.

Vale ressaltar a habilidade que a história tem de trazer informações e descrições que aproximam seu leitor a um universo único e deveras “contemplativo” quando podemos imaginar histórias envolvendo abduções, espaço sideral e experiências — no sentido científico e, quiçá, além do científico, se nos permitirmos embarcar plenamente na atmosfera da obra. Tais informações trazem um teor palpável que podem, a princípio, chocar pela precisão que o autor imprime em dados apresentados e descritos em ambas as localizações temporais da história, no entanto, mais uma vez: este é um dos charmes da narrativa.

Pedroom Lanne não se conforma em apenas nos conduzir a uma história comum e com pouca imersão no que pretende relatar. Muito pelo contrário. A cada página, a cada capítulo, é possível notar sua intenção legítima de levar o leitor àquele mundo novo. Em alguns pontos, podemos nos sentir imersos dentro de um documentário sobre ufologia, noutros pontos podemos nos ver dentro de uma pequena “aula” de História. E não nos esqueçamos da viagem pelo espaço; somos levados a uma verdadeira tour pelo cosmo. A imersão não para neste aspecto, uma vez que o livro carrega algumas abordagens com cunho político, e, dependendo da forma como o leitor encarar a descrição e os eventos nele relatados, é possível fazer analogias diretas com a sociedade na qual vivemos.

A propósito, uma vez que adentramos este terreno — a sociedade —, é impossível não falar de alguns aspectos de seus personagens, que são muito bem construídos e trabalhados no decorrer de sua obra. A descrição dos personagens é feita de maneira cuidadosa e, embora estejamos falando de localização estrangeira, é possível sentir uma proximidade, por parte de alguns deles, dos típicos trejeitos brasileiros. Podemos também reconhecer tipos bem diferenciados de personalidades, o que dá uma maior relevância e credibilidade ao trabalho. Podemos esperar os mais variados tipos de reação no que diz respeito à trama e ao enlace dos personagens. Por vezes, o leitor pode ser surpreendido com determinado rumo que a história ganha. Ninguém está, digamos, a salvo de algo ou determinada situação.

Como se não bastasse esta imprevisibilidade dentro da história, o autor vai mais longe — e com sucesso — ao fazer uma espécie de análise, e por que não uma crítica, ao comportamento humano.

Zoom
Arte de Fernando Marcatti

Foi dito aqui que o autor utiliza este gênero para abraçar inúmeras temáticas dentro de sua narrativa, transitando ora pela plena ficção científica, ora pelo drama, ora pela ação, entre outras vertentes. Pois bem, o autor permite transitar, inclusive, por questões filosóficas, uma vez que ele eleva ao extremo, em algumas cenas, certas manias que são marcantes no comportamento humano, como o excesso de poder e a busca por mais, sempre mais... A mania de grandiosidade e a face hedionda daqueles que maquinam para tirar vantagem acerca de determinadas situações, sempre agindo em prol de seus interesses — a falta de ética do ser humano. Existe também, no decorrer da trama, uma subversão dos pensamentos ao lidar com uma cultura totalmente inversa ao nosso conhecimento e ao nosso padrão, entre outras abordagens e questões.

Aliás, existem trechos no livro que exigem do seu leitor um certo grau de maturidade, tamanha a complexidade das informações e a forma com a qual o conteúdo deve ser compreendido. Digamos que o leitor precisa ter a mente aberta e ter uma boa interpretação para que o próprio não se deixe enganar pelas palavras, e sim que tenha um entendimento do “todo” e do contexto no qual a história está inserida, uma vez que o livro, em uma grande fatia, aborda uma sociedade com hábitos distintos, diferenciados, e com uma visão totalmente oposta ao que se passa no plano “terreno”.

"O autor transita ora pela plena ficção científica, ora pelo drama, ora pela ação (...). Podemos citar algo similar com a linguagem própria utilizada por Anthony Burgess, em Laranja Mecânica"

O livro também nos brinda com ilustrações de alguns pontos interessantes e até mesmo algumas referências. Pedroom Lanne recheia o livro com informações, teorias da conspiração e referências do mundo pop. Quanto maior a bagagem de conhecimento prévio, maior a imersão e mais divertida será a viagem do leitor. É uma leitura que deve ser apreciada a cada trecho, cada descrição, e a cada abordagem diferente.

Uma característica marcante deste livro também é o uso expressivo e interessante de expressões diferentes, típicas do linguajar dos alienígenas. Algumas incluem nomes de espécies, outras tratam de verbos que substituem alguns conhecidos por nós, outras se referem a classes e termos técnicos. Porém, o livro possui uma explicação técnica sobre estes termos para que o leitor possa se situar com mais afinco na sua viagem literária. Podemos citar algo similar na literatura com a linguagem própria utilizada por Anthony Burgess, em Laranja Mecânica. Inclusive, há personagens com uma comunicação bem atípica, mas não cabe elencar mais detalhes sobre isto aqui, uma vez que esta resenha visa apenas perpassar alguns pontos marcantes.

Há quem diga, e sou totalmente partidário desta opinião, que um livro é um universo que nos permite fugir por um tempo de nossa realidade, das amarras da vida cotidiana. Se podemos considerar isso como uma verdade absoluta, ou quase-absoluta, Pedroom Lanne nos conduz com maestria nesta viagem, pois Abdução – Relatório da Terceira Órbita nos faz navegar por um universo vasto e criativo, com figuras diferentes e marcantes, e ainda temos o deleite de nos deixar passear por diferentes temas e abordagens. Pode ser uma leitura complexa a princípio, mas conforme o leitor vai conhecendo os personagens e a ligação entre eles, é impossível não querer absorver mais do que tem por vir.

Permitam-se fazer esta viagem. O universo é vasto, muito mais vasto que imaginamos. E o autor não nos deixa dúvidas.


Sinopse do livro

Uma trama que se passa no pretérito ano de 1978, ponto de convergência de uma história que se inicia em um longínquo futuro. No passado, uma dupla de alienígenas chega a Terra com intenções desconhecidas. No futuro, um casal de irmãos dá largada para uma nova vida em um estranho habitat paralelo ao Sistema Solar, um mundo hiperfuturista descrito como Universo Quântico. A vida da dupla e do casal parece convergir por caminhos distintos, mas sua conexão é tão forte que nem a distância que os separa tão longe no tempo evitará a cadeia de ações e a sequência de acontecimentos que colocarão em risco o destino do planeta e da inteira humanidade.

Para saber tudo sobre a obra clique aqui | Assista ao booktrailer de apresentação da obra

A venda nas livrarias:

Amazon | Submarino | Livraria da Travessa | Cultura | Autografado


05 de outubro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Pílula
Literatura de Peso
A evolução da sociedade

Vídeo tardio, uma pílula da participação de Pedroom Lanne no Festival Cultural de Sampa, realizado em 14/09/2019, na Fábrica de Cultura Parque Belém, zona leste de São Paulo - SP.


05 de outubro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Scrapbook

Antologia
Scrapbook Devaneios
Com o microconto "A Barata de Mercúrio", de Pedroom Lanne

"Antologia organizada pela poetisa Claíse de Albuquerque, Scrapbook Devaneios, na qual tenho a honra de participar com um devaneio de ficção científica, um microconto sobre baratas reais e artificiais.

Meus agradecimentos à Claíse e meu abraço a todos que participaram. Ass: Pedroom Lanne."

Leitura franca pela Platarforma ISSUU:
issuu.com/pulpfan/docs/antologia_scrapbook_devaneios



02 de outubro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Booktrailer
Abdução, a Saga

Booktrailer da saga ABDUÇÃO, de Pedroom Lanne

Livros:
Abdução, Relatório da Terceira Órbita
Abdução, Contato de Terceiro a Quinto Grau
Abdução, Clonagem Experimental Humana

Saiba mais em:
www.pedroom.com.br/aducao.htm

Clip original:
https://vimeo.com/530170925

Aproveite e se inscreva no canal do escritor Pedroom Lanne no Youtube


28 de agosto de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Live
Um papo sobre livros, letras & tatuagens

A superlive realizada pela Pedroom TV... Um papo sobre TUDO, de tudo um pouco: desde literatura, tatuagens, alienígenas, homens de preto, alguns tabus nossos de cada dia, discussões políticas, letras de câmbio e muito mais, só faltou falar de futebol. Quase três horas com uma conversa calorosa. Não viu ainda? Então assista gratuitamente em nosso canal no Youtube.

Participação de Walter Cavalcanti, escritor e revisor; Rafael Silva, designer e escritor; e Fernando Marcatti, artista e tatuador. Apresentação de Pedroom Lanne.

Pelo link abaixo:


28 de junho de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Making Off
Abdução, a Saga

Making off da saga literária ABDUÇÃO, de Pedroom Lanne. Retrata o trabalho de escrita e divulgação da saga, entre 2014 e 2021, incluindo os três livros publicados até o momento.

Texto disponível no Weblog Profissional de Pedroom Lanne. Clique no link abaixo para navegar:

www.making-off/abducao.htm

Making off "Abdução"Pedroom Lanne no II Fórum Mundial de Contatados

ABDUÇÃO é:

Livro 1 - Relatório da Terceira Órbita
Livro 2 - Contato de Terceiro a Quinto Grau
Livro 3 - Clonagem Experimental Humana

Saiba mais no site oficial do autor em:
www.pedroom.com.br/aducao.htm

eBooks:

Cada livro da saga ABDUÇÃO, corresponde aos seguintes ebooks e respectivas partes da saga:

Livro 1 - Relatório da Terceira Órbita
Parte I - Relatório da Terceira Órbita
Parte II - Lobotomia Cerebral Autorizada

Livro 2 - Contato de Terceiro a Quinto Grau
Parte III - Contato de Terceiro a Quinto Grau

Livro 3 - Clonagem Experimental Humana
Parte IV - Clonagem Experimental Humana

Os ebooks encontram-se disponíveis no site Amazon Kindle - Unlimited. Os livros impressos estão disponíveis também na Amazon e melhores livrarias do país.

Pedroom Lanne
26 de maio de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Press-Release
Coronavírus infecta cães e gatos

Abrir

Press-release do estudo conduzido pela Fiocruz, intitulado Investigação de infecção de SARS-CoV-2 em cães e gatos de humanos com Covid-19 no Rio de Janeiro, Brasil.

Clique aqui para ler na íntegra, em arquivo PDF.

08 de Maio de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Entrevista
O alienígena Billy vai te conquistar em "Abdução"

Pedroom Lanne e seu novo livro

Entrevista com o escritor Pedroom Lanne pelo site Ninho Digital, da revista lusofônica Divulga Escritor - Por Shirley Cavalcante

“É uma história para quem gosta de leituras com profundidade e não tem pressa de chegar ao fim.”

Entrevista concedida por Pedroom Lanne pela ocasião de lançamento do novo livro, o box Abdução, Contato de Terceiro a Quinto Grau & Clonagem Experimental Humana, a conclusão do Relatório da Terceira Órbita.

Shirley Cavalcante: Escritor Pedroom Lanne, é um prazer contarmos com a sua participação na revista Divulga Escritor. Conte-nos, o que o inspirou a escrever a saga de ficção científica “Adução e Abdução: o Épico Alienígena”?

Pedroom Lanne: Quando iniciei a escrita dessa saga, eu não tinha nenhuma pretensão que ela se tornaria uma. O primeiro título da série, a obra “Adução”, foi fruto da inspiração e da paixão que eu tenho em torno do assunto, a existência de vida no universo e de alienígenas. A ideia para desenvolver a história me veio em uma viagem a São Tomé das Letras (MG), uma cidade conhecida por supostos contatos imediatos. Depois que publiquei o primeiro livro, as ideias para continuar escrevendo sobre o assunto apenas me vieram à cabeça, então continuei escrevendo e, hoje, já estou no quinto livro que compõe a saga.

Leia entrevista completa pelo link:
https://minhodigital.com/news/o-alienigena-billy-vai-te

07 de maio de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Vídeo
Banca de Mestrado

Vídeo tardio, porém inédito, da banca de defesa da dissertação de mestrado de Pedroom Lanne, "Internet, Jornalismo & Weblog: a Nova Mensagem. Estudos Contemporâneos de Novas Tendências Comunicacionais Digitais", pela Faculdade Cásper Líbero, 2008.

Banca: Prof. Dr. Dimas A. Künsch (orientador); Prof. Dr. Sebastião Squirra (debatedor); Prof. Dr. Walter Teixeira Lima Junior (debatedor)

Clique aqui para acessar a Dissertação de Mestrado online, completa, em HTML e PDF. Vídeo publicado pela Pedroom TV, aproveite e se inscreva no canal do escritor Pedroom Lanne no Youtube.


27 de abril de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Já a venda
Abdução - Contato de Terceiro a Quinto Grau & Clonagem Experimental Humana
Box contendo os novos dois livros de Pedroom Lanne

A venda nas melhores livrarias do país
A venda impresso e digital pelo site da Amazon, Saraiva, Livraria Cultura, Submarino e grandes livrarias

Zoom
Capa, contracapa, lombada e orelhas do box impresso contendo os dois últimos livros da saga Abdução: Contato de Terceiro a Quinto Grau & Clonagem Experimental Humana - clique para ampliar

Box - Abdução III e IV

Apresentação da Obra

Eram os Deuses Alienígenas?

De acordo com a nova obra ficcional de Pedroom Lanne a resposta é sim. Em Abdução – Contato de Terceiro a Quinto Grau e na sequência Clonagem Experimental Humana, o autor mergulha fundo nesta questão que intriga fãs da ficção-científica de cunho ufológico para tentar imaginar um mundo criado pelos alienígenas. Um mundo que venera esses seres como deuses, que cresce e se desenvolve de acordo com sua doutrina. Nessa jornada que mergulha até a pré-história humana, época em que esse contato teria se estabelecido, o autor mostra que o divino e o diabólico caminham lado a lado, que fatos e mitos trafegam por uma linha muito tênue. Não obstante, demonstra que um contato de tal natureza, tão profundo e marcante, dá o peso perfeito ao título de mais esse capítulo de sua obra. O peso da maior abdução já vivenciada pela humanidade.

E se?

E se?... Essa pequena pergunta abre uma vasta gama de possibilidades. É nesse universo – multiverso para muitos – de opções que o autor Pedroom Lanne nos insere nestes dois novos episódios de sua saga pelo fantástico. Nessa nova aventura, vamos percorrer realidades que nos são familiares, da vida cotidiana dos anos 1970 e 1980, com guerras, espionagem, nacionalismo, polarização e o futuro, distópico ou utópico, de destruição ou renovação, para todos os gostos, pois a cada página estaremos sempre nos deparando mais um “e se?”.

“Sim, eles eram deuses...”

Parte III
Contato de Terceiro a Quinto Grau

Sinopse

Na sequência da expedição da dupla SawmillA iniciada em Abdução, Relatório da Terceira Órbita pelo planeta Terra, os alienígenas esbarram em um achado sem precedentes na história humana. Uma descoberta que os levará ainda mais ao passado até a pré-história do homem e será vital para a conclusão do relatório que encerra sua jornada pelo ano de 1978.

Enquanto isso, no distante futuro paralelo do Universo Quântico, o alienígena Billy se defronta com uma linha existencial alternativa que marcará e ditará seu destino para sempre. Uma nova vida que o fará navegar da distante prisão em Plutão para um excêntrico habitat situado na lua marciana de Phobos.

Zoom
Clique para ampliar a capa

“A conclusão do Relatório da Terceira Órbita”

Zoom
Clique para ampliar a capa

Parte IV
Clonagem Experimental Humana

Sinopse

O alienígena Billy está absolutamente determinado a restaurar a sanidade mental de seus antigos pais humanoides, para isso lançará cérebro de todos os seus conhecimentos e de seu capital político para garantir-lhes um lar digno na lua de Phobos.

Em paralelo, no pretérito do ano de 1978, a expedição da dupla SawmillA fica em risco quando o coronel Jay Carrol coloca em prática um operativo que, além de tentar destruir a nave extraterrestre em seus domínios, inadvertidamente ameaça a vida de todos a sua volta, inclusive a sua própria.


Informações sobre os livros:

Títulos: Abdução - Contato de Terceiro a Quinto Grau & Clonagem Experimental Humana
Autor: Pedroom Lanne
Editora: Novo Século
Gênero: Ficção-Científica, High Sci-Fi
Tema: Vida alienígena, viagem no tempo, evolução da espécie
Estilo: Fantasia, história alternativa, odisseia
Total de páginas: 1.029
Público: Jovem e adulto
Linguagem moderada: 16 anos
Formato: impresso & digital
Obra inédita: sim
Obra completa
: não
Capa: Fernando Marcatti

No Youtube
Saiba mais sobre o livro pelos programas veiculados no canal do autor Pedroom Lanne no Youtube

Boxtrailer
Videospot
Prelúdio da Parte III
Vídeo
Videospot
Videospot
Unboxing do box ABDUÇÃO
Vídeo
Live de apresentação da obra
Live

Onde comprar
Amazon | Livraria da Travessa | Submarino | Cultura | Saraiva | Autografado



Edição em e-book
Em três volumes
Parte IIII:
Contato de Terceiro a Quinto Grau
Parte IV:
Sociedade Paralela Paranormal

Abdução - Contato de Terceiro a Quinto Grau

Abdução - Sociedade Paralela Paranormal
Parte V:
Clonagem Experimental Humana
Abdução - Clonagem Experimental Humana

Livro anterior

Abdução - Relatório da Terceira Órbita

Edição impressa contendo as duas primeiras partes (ou ebooks) da saga.

Abdução - Relatório da Terceira Órbita

E-books anteriores
Parte I:
Relatório da Terceira Órbita
Parte II:
Lobotomia Cerebral Autorizada

Abdução - Relatório da Terceira Órbita

Abdução - Lobotomia Cerebral Autorizada

Miscelânea:

Facebook ---Skoob ---Twitter ---Issuu

Editora:

Editora

 

Trilha Sonora

Abaixo, disponibilizamos a trilha sonora da nova parte da obra. Para o leitor ouvir, viajar e tentar compreender como uma seleção tão heterogênea pode fazer parte da mesma narrativa.

Trilha Sonora do livro Abdução, Contato de Terceiro a Quinto Grau & Clonagem Experimental Humana - Clique aqui para assistir e ouvir os videoclips da playlist abaixo:

1. Civilization V: Brave New World – Wu Zetian Peace Theme. Geoff Knorr & Michael Curran (composição), 2015.
2. Sob o Sol – Marcus Viana, Malu Aires & Transfônica Orkestra. Marcus Viana & Transfônica Orkestra (composição), 2001.
3. María – Ricky Martin. Ricky Martin (composição), 1995.
4. Zombie – The Cranberries. Dolores Mary O’Riordan (composição), 1993.
5. Hoochie Coochie Man – Steppen Wolf. Willie Dixion (composição), 1969.
6. Revelations – Iron Maiden. Bruce Dickson (composição), 1983.
7. Brasil, Mostra tua Cara – Cazuza. Cazuza (composição), 1988.
8. Sloop John Be (I Wanna Go Home) – Beach Boys. Brian Wilson, Gilles Thibaut & Georges Aber (composição), 1966.
9. (I’ve Had) The Time of My Life – Bill Medley & Jennifer Warner. Franke Previte, John DeNicola & Doland Markowitz (letra), 1987.
10. Total Eclipse of the Heart – Bonnie Tyler. Jim Steinman (composição), 1983.
11. Burning Hearts – Survivor. Jim Peterik & Frankie Sullivan (composição), 1985.
12. Brucia la Terra – The Godfather III Soundtrack. Nino Rota (composição), 1972.
13. Orra Meu – Rita Lee. Rita Lee & Roberto de Carvalho (composição), 1980.
14. Stranger in a Stranger Land – Iron Maiden. Adrian Smith (composição), 1986

13 de abril de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Resenha
Calígula versus Bolsonaro

Abrir

Resenha baseada no documentário Império Romano (EUA/Canadá: Netflix, 2016), que traça uma análise comparativa entre o imperador Calígula e o presidente Jair Bolsonaro.

Clique aqui para ler na íntegra, em arquivo PDF.

01 de abril de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Clip
Boxtrailer

Box com os dois últimos livros da saga de fantasia, ficção-científica e história alternativa de Pedroom Lanne: "Abdução, Contato de Terceiro a Quinto Grau" & "Abdução, Clonagem Experimental Humana"

Em pré-venda pela Amazon Brasil & Kindle - Unlimited, impresso e digital: clique aqui para garantir o seu

Criação da Novo Século Editora.

Aproveite e se inscreva no canal do escritor Pedroom Lanne no Youtube


15 de março de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Conto
A Volta de Júpiter

Conto futurista, descritivo e ambientado no Sistema Solar na órbita de Júpiter. Narra a colonização do astro-rei e a construção da usina de Eletrópolis, uma teralópole situada no Olho de Júpiter. Em paralelo, conta a jornada de dois alienígenas surfistas que visitam o planeta para acompanhar o maior de todos os eventos esportivos do cosmo solar, no palco de seu maior planeta.

Aviso: “A Volta de Júpiter” é um conto extraído do livro e ebook ABDUÇÃO - LOBOTOMIA CEREBRAL AUTORIZADA.

Leitura online pela plataforma Bilbbo.

Conto publicado em 2020, mas que só chegou ao conhecimento do autor, Pedroom Lanne, agora em março de 2021.

A Volta de Júpiter

14 de março de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Errata
Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon

Depois de oito anos, descobri um erro publicado em meu primeiro livro o qual acabou reproduzido em outras obras subsequentes até a atualidade de 2021. Trata-se de uma errata em uma tabela criada na obra Adução, o Dossiê Alienígena, publicada em 2015. Uma tabela apresentando os principais meios de transportes futuristas e "discos-voadores" diversos, veja abaixo.

Persistente, a mesma tabela aparece em todas as obras e ebooks da série publicada posteriormente, a saga Adução & Abdução: o Épico Alienígena, pois é parte do Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon, incluído nos anexos que acompanham os títulos da obra e, inclusive, compõe uma publicação separada veiculada para leitura franca em PDF (também em formato impresso pelo Clube de Autores).

O termo foi corrigido, e ambas as versões PDF e impressa do Manual de Sobrevivência do Professor Ipsilon disponíveis ao público já se encontram atualizadas.

Trata-se de um erro na criação de um neologismo, quando atribuímos o substantivo "aférico" para os meios de transporte e naves próprias para trafegar no anel mais longo do disco gravitacional solar, ou seja, que perseguem o afélio, que navegam na distante Nuvem de Oort. Portanto, o correto seria dizer navegação "afélica", conforme, finalmente, nesse instante em que a oitava parte da saga está sendo redigida, nós corrigimos.

E já que essa é a pauta, há outro erro, desta feita de digitação, igualmente publicado no primeiro título acima mencionado. Um termo que, se alguém digitar no Google, a única referência será a do meu livro, pois trata-se de uma errata. O termo "estomatófilo", cuja grafia correta é "estomatócito".

Peço perdão pelas falhas.

Zoom
Acima: Tabela de Navegação do universo futurista criado na obra "Adução, o Dossiê Alienígena", de Pedroom Lanne

Pedroom Lanne
16 de fevereiro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Prelúdio
Abdução - Parte III: Contato de Terceiro a Quinto Grau
A saga de fantasia e ficção-científica de Pedroom Lanne

Atenção! Contém spoiler da parte anterior.

À venda pelo site Kindle Brasil - Unlimited: clique aqui para comprar - R$ 4,99

Thanks to George Lucas for inspiring us...

Aproveite e se inscreva no canal do escritor Pedroom Lanne no Youtube


01 de fevereiro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Novidade
Capas

Saíram as capas oficiais dos meus próximos livros, os títulos: Abdução - Parte III: Contato de Terceiro a Quinto Grau & Parte IV: Clonagem Experimental Humana, além do box que contém ambos os livros.

Arte de Fernando Marcatti. Concepção de Pedroom Lanne. Diagramação: Novo Século Editora.

Este lançamento corresponde a 6ª e 7ª parte da saga Adução & Abdução: o Épico Alienígena, por ora disponível em ebook.

Confira as capas: Clique para ampliá-las

Abdução, Contato de Terceiro a Quinto Grau

Zoom

Abdução, Clonagem Experimental Humana

Zoom

Box

Zoom

Lançamento da edição impressa previsto para Março de 2021.

Para maiores informações sobre a obra, visite o site oficial do autor no endereço:
www.pedroom.com.br/aducao.htm


06 de janeiro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Perfil
Sósias

Já me disseram, nos idos da minha juventude, como roqueiro que era, que eu era sósia do Jim Morrison (abaixo), vocal da banda norte-americana The Doors.

Clique sobre as imagens para ampliá-las.


Zoom

Zoom

Depois, como surfista, diziam que eu era muito parecido com o ator David Charvet do seriado S.O.S. Malibu, que personificava o salva-vidas Matt Brody (acima).


Agora, quase à meia idade, como escritor, sou associado ao personagem Bilbo Bolseiro, pelo filme O Hobbit, interpretado por Martin Freeman (ao lado), criação do grande autor J. R. R. Tolkien.


Zoom

Não deixa de ser honroso, ser associado com esses grandes astros e personagens.

Também há outro "sósia" que não me esqueço, dos tempos da escola, quando me diziam que parecia com o Capitão Caverna só porque eu era cabeludo.

Essas são algumas de minhas facetas, de acordo com a época e os observadores...


Pedroom Lanne

02 de janeiro de 2021

Comentário(s) - requer uso de popup

Este blog requer uso de popup (janelas flutuantes)

Posts mais antigos >>
Topo